Caches de Aplicação

Resumo:
Introdução

É muito comum (e útil) aplicações complexas armazenarem algumas informações em cache para diversas finalidades. A mais importante é o rápido acesso a uma informação que tem um custo relativamente alto para ser obtido, seja pelo tempo gasto, consumo de recursos computacionais para se realizar a consulta ou pela quantidade de vezes que se acessa a mesma informação.

Neste artigo, vou mostrar o conceito básico para se montar uma estratégia de cache e algumas exemplos de utilização.

Expressões Regulares em PHP

Resumo:
Introdução

Expressões regulares são expressões que permitem especificar um padrão de string, ou seja, como os caracteres de uma string ficam dispostos em sequência. Com este padrão, é possível realizar checagens para saber se uma string segue determinado padrão, capturar pedaços da string com base no padrão, ou ainda substituir pedaços de uma string por outra sequência de caracteres.

As expressões regulares são um recurso extremamente útil não apenas para PHP, mas para várias outras linguagens, inclusive JavaScript. Porém, como possui uma sintaxe própria, nem todos programadores PHP tem familiaridade em montar ou entender expressões regulares. Neste artigo veremos um compilado de informações úteis para se aprender a usar expressões regulares em PHP.

Timestamp em PHP

Resumo:
Calendário
Introdução

Há algum tempo escrevi o artigo Aritmética de Datas, que mostrava como manipular datas no PHP e realizar operações sobre elas. Porém, embora tenha citado brevemente sobre Timestamp, não explorei tanto o assunto.

Neste artigo, pretendo explicar melhor o que é o Timestamp e como ele é manipulado no PHP. Também vou destacar algumas características importantes, relacionadas ao fuso horário (timezone).

Prevenção de Timing Attack no PHP

Resumo:
Introdução

Timing Attack (ataque baseado em tempo) é um tipo de ataque a sistemas. Ele é pouco conhecido e normalmente é realizado por crackers mais avançados. Neste artigo, veremos o que são estes tipos de ataque e como podem ser prevenidos no PHP.

Desempacotamento de Parâmetros em Funções no PHP (operador splat)

Resumo:
Introdução

No artigo anterior, falamos sobre Funções Variádicas, que ganhou uma sintaxe nova no PHP 5.6. Neste artigo, veremos um recurso adicional e similar, que é o desempacotamento de parâmetros em funções e métodos através do símbolo de reticências. O operador é conhecido em outras linguagens como operador "splat".

Funções Variádicas

Resumo:
Introdução

Uma das novidades do PHP 5.6 é o suporte a uma nova sintaxe para declaração de funções variádicas. Para quem não sabe, funções variádicas (variadic functions) são aquelas que podem receber um número indeterminado de parâmetros. Neste artigo veremos o que são funções variádicas e qual é a nova sintaxe para declará-las a partir do PHP 5.6.

Ordenação de Arrays em PHP

Resumo:
Introdução

Ordenação de arrays é um tema muito simples, mas que também gera muitas dúvidas na comunidade de PHP. Neste artigo, veremos desde uma ordenação simples de arrays usando a função sort até as formas mais sofisticadas, envolvendo matrizes ou regras de comparação específicas.

Manipulando o cabeçalho de resposta HTTP pelo PHP

Resumo:
Introdução

Neste artigo, veremos como utilizar a função header do PHP e algumas aplicações práticas. Embora header seja uma função importantíssima da linguagem e também seja muito usada, nem sempre os programadores sabem seu funcionamento exato. Além disso, veremos alguns erros comuns cometidos ao usar a função.

Se você é um programador PHP iniciante e acredita que a função header sirva apenas para redirecionar o usuário de uma página para outra nos seus sites em php, então leia este artigo e entenda em detalhes o que você está fazendo.

Traits no PHP 5.4

Resumo:
Introdução

O PHP 5.4 já está disponível desde março/2012 e uma de suas grandes novidades em relação à Programação Orientada a Objetos foi a introdução de um novo recurso chamado "Traits". Neste artigo veremos o que é uma trait, para que ela serve e como usá-la.

Output Buffer do PHP e os mistérios do echo (parte 2)

Resumo:
Introdução

No artigo anterior, vimos uma introdução sobre o Output Buffer do PHP, com seus conceitos básicos e uma aplicação prática do recurso. Neste artigo, veremos a continuação do assunto, nos aprofundando em conceitos mais complexos e algumas aplicações práticas mais avançadas.

Output Buffer do PHP e os mistérios do echo (parte 1)

Resumo:
Introdução

Um dos comandos mais conhecidos do PHP é o echo, que "simplesmente" envia uma string para a saída padrão (STDOUT). Porém, o funcionamento aparentemente simples de um echo pode envolver conceitos bem mais complexos, como o output buffer e a transferência de pacotes HTTP de resposta do servidor para o cliente.

Neste post veremos alguns conceitos necessários para compreender a fundo o funcionamento do Output Buffer. Também veremos um exemplo inicial de como usufruir deste recurso para modificar dados que já foram "impressos" no PHP. No próximo post, veremos alguns exemplos mais complexos e suas aplicações práticas.

Códigos de Retorno HTTP

Resumo:
Introdução

A Internet é suportada pelo protocolo HTTP, em que um cliente solicita um pedido ao servidor e este retorna um resultado. Este resultado deve sempre vir com um código numérico e, opcionalmente, algum conteúdo extra (como exemplo: podem ser instruções no cabeçalho do pacote de resposta, como uma solicitação para o cliente redirecionar para outro arquivo, ou o conteúdo de um arquivo HTML para ser renderizado no cliente).

É importante conhecer os principais códigos HTTP e utilizá-los da maneira correta, pois eles podem afetar a reputação de seu site.

Erros de Sintaxe em Scripts PHP

Resumo:
Dica rápida

Para detectar erros de sintaxe no PHP, podemos executar o php, no terminal de comandos, passando o parâmetro "-l" (lint), conforme o exemplo:

$ php -l script.php

Isso é útil quando queremos apenas saber se há erros de sintaxe, mas não queremos executar, de fato, o script.

Problemas com Charset? Nunca mais

Resumo:
Hommer assustado com um caractere exibido incorretamente
Introdução

Vira e mexe existe alguém aparecendo com problemas com apresentação de caracteres por conta de codificação de caracteres errada. Já escrevi sobre Unicode, Códigos e Símbolos Unicode e sobre HTML entities. Mas neste artigo, veremos como utilizar UTF-8 em tudo e nunca mais ver caracteres sendo exibidos errado.

Portabilidade de códigos em PHP

Resumo:
portabilidade
Introdução

PHP, no contexto da Web, é uma linguagem portável entre diferentes servidores HTTP, entre diferentes sistemas operacionais, e entre diferentes arquiteturas de hardware. No entanto, alguns recursos específicos nem sempre estão disponíveis de forma tão ampla e podem requerer um servidor HTTP, S.O. ou hardware específico. Neste artigo vamos ver por que isso ocorre e, quando possível, como solucionar ou evitar este problema.

Utilizando Sessões em PHP de forma inteligente

Resumo:
macaco pensando
Introdução

Armazenamento de dados em sessão é um mecanismo oferecido pelo PHP que permite que a aplicação armazene/recupere dados específicos por usuário e compartilhados entre diferentes scripts. Este recurso é comumente utilizado para garantir a autenticação do usuário para que ele só precise informar a sua credencial uma única vez (log-in). Porém, este recurso também é importantíssimo para criar aplicações com nível de dinamicidade alto, e que requer o armazenamento constante de dados temporários, como uma cesta de compras, por exemplo. Neste artigo, veremos como utilizar a sessão de forma inteligente e otimizada, além de aprofundar em seu funcionamento.

SimpleXML para manipular XML pelo PHP

Resumo:
Introdução

SimpleXML é uma extensão do PHP que permite ler e manipular XML de maneira bastante simples, embora com várias restrições. A principal restrição é que um elemento (tag) só pode conter texto ou outros elementos, nunca texto junto com outros elementos, como ocorre no HTML.

Transformação de Dados

Resumo:

Ao desenvolver uma grande aplicação ou um framework Web, é preciso ter consciência de que precisará trabalhar com camadas e que fará várias conversões entre estas camadas para manter o sistema portável. Vamos observar a imagem abaixo:

Conversão de dados entre camadas do sistema

Apesar de ser possível utilizar a mesma notação para representar números reais no formulário, na aplicação e no BD, pode ser que o usuário esteja em uma localidade que usa uma notação diferente da americana (usada no PHP), e pode ser que o BD não utilize a mesma notação que a aplicação para todos tipos de dados. Portanto, é importante realizar a transformação de dados entre as camadas do sistema.